terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Reflexões sobre o Natal...


Natal... época de começar a refletir sobre como foi o ano, nossas alegrias, tristezas, pensar sobre o que nos arrependemos de ter feito, ou de não ter feito... e tempo de começarmos as promessas para o próximo anos... até acho que essas promessas são válidas, mas desde que você não espere por uma data para começar a cumpri-las, é preciso saber que as mudanças começam quando nós desejamos que comecem, não é preciso uma data para isso. De uns anos para cá cada vez mais eu tenho certeza que “mudamos e melhoramos quando queremos”,  que não é preciso uma data para começar a fazer isso.

Aqui no face, assim como nas redes sociais, todo mundo é sempre muito bonzinho e mais ainda na época natalina, todos querem ser os melhores, todos são muito famílias... mas aí eu paro e me pergunto: quem daqui realmente sai da sua zona de conforto para ajudar o próximo? Quem daqui realmente sabe o real significado do SER FAMÍLIA? Quem daqui realmente faz algo durante o ano, algo mínimo que seja para ajudar a quem precisa? Quem daqui respeita o próximo e o direito do outro?  Quem daqui realmente respeita os mais velhos? Quem daqui realmente respeita e cuida dos amigos verdadeiramente?

Essas são só algumas perguntas que ficam na minha cabeça quando eu vejo todo mundo postando coisas legais, lindas e do bem. Não quero ser, nem pretendo ser a santa não, nem dizer que sou a melhor, nem nada, só queria que as pessoas pensassem um pouco sobre esses questionamentos que postei, para quem sabe começarmos um ano com mais amor e mais paz no mundo, porque cada dia mais está difícil vermos os valores básicos de educação e de família. Eu tenho minha consciência tranquila de saber que faço o que posso para dar minha contribuição para um mundo melhor, sei também que poderia fazer mais até, e pretendo fazê-lo, e isso é uma das coisas que eu vou tentando fazer a cada dia que passa, uma das mudanças que precisam ser diárias e não apenas esperar um novo ano começar.

Tem um trecho da música HUMANOS (não sei de quem é a letra, mas Biquini Cavadão regravou no cd 80, vol II), que diz assim: “Mas eu não sou, nem quero ser / Igual o que ele diz / Sempre igual não posso ser feliz”.

Então, meu pedido para o Natal e para o novo Ano é que tentem ser a mudança que o mundo precisa, não esperem dos governantes isso não, façam sua parte, uma coisa eu garanto: Serão muito mais felizes ;)


FELIZ NATAL!!!


Ps. fiz esse texto no face e copiei aqui no blog.

Um comentário:

  1. Sou sempre mais triste durante o Natal,
    mas este ano eu sobrevivi, eu acho.

    ResponderExcluir